Crítica: “Gnomeu e Julieta: O Mistério do Jardim”

Quando a junção de clássicos com a modernidade é feita de maneira competente, o resultado tem tudo para ser interessante. Assim acontece com a adorável animação “Gnomeu e Julieta: O Mistério do Jardim” (Sherlock Gnomes), que leva às telonas a adaptação de personagens icônicos da literatura, sob a forma de pequeninos gnomos de jardim que criam vida […]

Crítica: “Eu só posso imaginar”

É difícil esperar por algo que não seja, no mínimo, comovente em um filme que tem como base a história de um rapaz que sofreu agressões de seu pai durante toda a infância, até parte de sua adolescência, e ainda assim encontrou em sua fé uma base sólida para continuar caminhando. O título do longa “Eu […]

Crítica: “Tully”

Talvez poucas coisas carreguem sentimentos tão controversos dentro de si quanto a maternidade. Como diz a conhecida frase que afirma que “ser mãe é padecer no paraíso”, a verdade é que existe muita beleza no ato de se gerar uma pessoa, assim como há muitas implicações também. E é exatamente essa montanha-russa de emoções que […]

Crítica: Attack on Titan: Fim do Mundo”

“Attack on Titan: O Fim do Mundo” (Shingeki no kyojin endo obu za wârudo / Attack on Titan: End of the World) é a segunda parte da duologia baseada nos mangás Attack on Titan. Sendo assim, o longa continua de onde o primeiro parou, com a falha na missão de tampar o buraco no muro externo, que protege […]

Crítica: “Deadpool 2”

Quando “Deadpool” foi lançado em 2016, meu contato prévio com o personagem criado por Rob Liefeld era quase zero. Eu sabia de sua existência, mas nunca tinha lido nenhuma de suas histórias. Talvez (muito provavelmente) por isso, tenha estranhado tanto certas atitudes dele e alguns rumos seguidos pelo roteiro ácido e irreverente. Para minha surpresa, o filme […]

Crítica: “A Abelhinha Maya – O Filme”

O gênero animação se tornou mais complexo há algum tempo e não se destina mais só às crianças. Mas, de vez em quando, é muito legal ver que ainda são feitas produções nitidamente pensadas para atender esse público específico, que apenas tenciona coisas mais singelas e que sejam cativantes por essa simplicidade. Dentro desse grupo, […]

Crítica: “A Noite do Jogo”

Segundo o dito popular, sorte no jogo é sinônimo de azar no amor. Mas, como toda regra tem sua exceção, “A Noite do Jogo” (Game Night) chega aos cinemas, com distribuição da Warner Bros. e mostra que é possível ter êxito nas duas áreas em simultâneo. A trama nos apresenta Max (Jason Bateman) e Annie (Rachel McAdams), assumidos […]